yinyang.pngSerá que a Acupunctura emagrece mesmo? Não, de facto, quem emagrece é o paciente :)

Parece brincadeira mas não é, devemos entender que a acupunctura não tira 1 grama a ninguém, mas confere ao paciente as condições que ele necessita para começar a perder peso.

A Acupuntura “atinge” o obeso em regiões estratégicas, actuando ao nível do apetite, da eliminação, da compulsão alimentar, da qualidade do sono, da ansiedade.

Apetite: existem pontos de Acupuntura onde se faz a regulação do apetite, que não é mais do que a vontade de comer além do que o seu organismo necessita.

Eliminação: Muitas das pessoas obesas, sofrem de prisão de ventre. A Acupunctura estimula o funcionamento do intestino, colaborando assim na depuração corporal.

Compulsão Alimentar: A compulsão e um problema mais grave que o próprio apetite voraz. Quem come compulsivamente, fá-lo pelo prazer que tem em comer em excesso, mas sente-se culpado no término da sua gulodice. Durante muitos anos, este tipo de casos, foram exclusivos de clínicas especializadas, agora a acupuntura traz uma nova proposta para lidar e minimizar estes sintomas.

Qualidade do sono: Quem dorme mal, vive mal de certeza… Uma fraca qualidade do sono, é uma porta aberta para o stress, a ansiedade, a irritabilidade, o mau humor culminando em muitos casos em depressão. A Acupunctura, fortalece e harmoniza a energia do paciente, conferindo-lhe a capacidade de relaxar mesmo perante situações adversas e resgatando a sua qualidade do sono.

Ansiedade: O obeso geralmente vive num estado de ansiedade permanente, dorme mal come como se a comida fosse acabar a qualquer momento e sente o incomodo e muitas vezes as dores resultados do seu excesso de peso. A Acupunctura actua nos centros reguladores da ansiedade como um “bálsamo”. Com o tratamento da acunpuntura, o paciente mantém controlados os níveis de ansiedade, permitindo assim controlar a sua alimentação de forma saudável e até mesmo seguir uma dieta.

A medicina chinesa trata a obesidade não como uma doença mas sim como um distúrbio, um conjunto de sintomas que devem ser analisados caso a caso, de forma individual e particular, procurando além do emagrecimento do paciente, a grande melhoria na sua qualidade de vida e no seu bem-estar.