Já falamos em comida saudável, mas para a podermos fazer e comer, temos de ter os ingredientes certos, alimentos saudáveis, os alimentos biológicos. Cada vez mais, ouvimos falar em alimentos biológicos, dizem que são alimentos cultivados sem quimicos, que fazem bem à saúde, que quem os consome fica com uma saúde de ferro, enfim os benefícios dos alimentos biológicos são mais que muitos, então porque não comemos todos, estes alimentos?

Na verdade, os alimentos biológicos não são mais do que os alimentos consumidos no passado, cultivados de forma tradicional, sem recurso a quimicos, e existentes em épocas próprias. Com a industrialização, a produção massa e o desenvolvimento de produtos quimicos, começamos a consumir todo o tipo de alimentos durante todo o ano, verificamos que de facto os alimentos tem um aspecto muito atractivo, e normalmente apresentam maiores dimensões que os alimentos de antigamente, no entanto apresentam um sabor muito aquém do de outra hora e possuem um fraco valor nutritivo. O pior é que se encontram cheios de hormonas, anteriormente presentes nas rações destes animais, e cheios de quimicos que com o consumo prolongado, sem dúvida que alteram o equilíbrio do nosso organismo.

Apesar de cada vez surgirem mais lojas e supermercados onde se podem encontrar estes produtos, a verdade é que ainda não são em número suficiente para uma forte adesão e o preço dos alimentos biológicos praticado inicialmente era de facto mais elevado e muitas vezes impeditivo. Actualmente, o preço já não é assim tão disparo, e as grandes superfícies já começam a apresentar espaços dedicados aos alimentos biológicos, facilitando assim a escolha de cada um quanto à alimentação que pretende fazer.

Várias figuras públicas da sociedade Portuguesa, como Sandra Coias e Madalena Brandão, dão a cara pela defesa dos alimentos biológicos, e partilham a crença de que estes são os alimentos saudáveis de antigamente.