As bagas de goji comercialmente conhecidas, são secas, adquirindo um aspecto semelhante às passas de uva. Uma vez que sofrem todos os processos inerentes a uma secagem, será que as bagas de goji mantém as fantásticas propriedades e valor nutricional apregoado?

Cá está uma questão muito interessante, e que deve ser esclarecida. De facto a fruta oxida e perde em grande escala as suas vitaminas tão benéficas à saúde. Essa oxidação é o resultado de processos de respiração e de enzimas que a própria fruta contém, logo cada fruta tem o seu tempo e processo oxidativo.

As bagas de goji frescas são muito difíceis de encontrar, primeiro porque só a sua simples colheita pode danificar o produto, tendo de ser feita de uma forma muito cuidada, centrando-se no abanar os ramos e não em tocar no goji, e em segundo lugar é um fruto que rapidamente se deteriora. Assim para se manterem as propriedades e valor nutricional, as bagas de goji, são sujeitas a um processamento muito leve, são secas ao ar e a temperaturas não superiores a 90ºC.

As fantásticas características e propriedades atribuídas às bagas de goji, cujos benefícios para o organismo são excepcionais, são contabilizadas a partir das bagas secas.