tremoços maisTremoços, quem não os conhece :) Estamos a chegar à altura das tardes soalheiras numa esplanada, de “cervejinha” na mão e pratinho de tremoços na mesa… Além do “bem” que fazemos à alma, o nosso corpo agradece, pois os benefícios dos tremoços são muitos e reais, agora é claro que não podemos exagerar, nem na cerveja nem nos tremoços.

Os tremoços também possuem propriedades diuréticas, cicatrizantes, estimulam a renovação das células promovendo a regeneração da pele, e combatem os parasitas intestinais. Este último benefício, é excelente para as crianças, que facilmente apanham parasitas internos, através dos ovos que estão na terra ou por contacto com animais infetados, como cães e gatos.

A desparasitação deve ser feita de acordo com o pediatra de cada criança, mas se comerem tremoços, e normalmente as crianças adoram, está a ser dada uma boa ajuda no combate aos parasitas :)

As propriedades dos tremoços ainda não ficam por aqui, actualmente é comercializado em França, um produto que visa o fortalecimento capilar, utilizando peptídeos, oligoelementos e vitaminas provenientes do tremoceiro.

Com o avanço da ciência, é possível chegar mais além no saber e conhecimento, o que em mim tem provocado cada vez mais, uma admiração crescente, pelos produtos que a natureza coloca ao nosso dispor…pelos alimentos biológicos. Com isto não pretendo desmerecer os químicos…Acho só que caímos no exagero da sua utilização e que a fatura a pagar a médio longo prazo em efeitos secundários, é grande.

O consumo de  tremoços tem também uma influência muito positiva na diabetes, no colesterol, e no ácido úrico o que me deixa muito satisfeita com o hábito que introduzi nesta fase da minha vida e que me tem dado um enorme prazer :)  Deleitar-me no sofá a ver um bom filme, (às vezes não tão bom quanto prometia) e “roer” um após outro tremoço :)