B52 e outros tsubos

As costas acumulam muita tensão, principalmente na sua parte inferior. A região lombar suporta o peso de todo o tronco, cabeça, braços e órgãos abdominais. As articulações lombares são bastante móveis – permitem uma amplitude de movimentos muito superior ao das articulações das vértebras torácicas, tornando-se mais susceptíveis a deslocamentos.

A área das costas é tanto mais frágil e sobrecarregada quanto mais sedentária for a nossa vida e mais fraca for a nossa musculatura abdominal.

Nas costas temos uma série de tsubos importantes – os pontos associados. Estes pontos pertencem ao meridiano da bexiga, mas são associados a todos os meridianos principais e às funções orgânicas a eles associadas.

O tsubo B52 não pertence à série dos pontos associados mas é de grande importância para relaxar a região lombar.

Situado na linha imaginária equidistante da costela mais baixa da borda superior da bacia (entre a 2.ª e 3.ª vértebras lombares), sobre o longo músculo que corre paralelo à coluna. O B52 fortalece o tanden e as funções renais, digestiva e sexual.

B31 a B34

O tsubos do sacro e das nádegas libertam tensões lombares e menstruais e estimulam a função sexual. A parte inferior das nádegas é o “ombro” das pernas – está para as pernas assim como o ombro está para os braços. A sua musculatura pode acumular muita tensão, tornando-se rígida e dolorida.

Ten Shi – localiza-se sobre a musculatura glútea, aproximadamente 4 dedos abaixo da proeminência do osso do quadril, aliviando a tensão lombar e menstrual e pernas cansadas.

Temos ainda os Tsubos: VB 30 Kan Chyo; B 53; B 26 Kan Gen Yu cuja acção actua sobre as funções sexuais e digestivas.