tai chi.pngO Tai Chi é originário da China, onde é extraordinariamente popular, de facto é usual observarmos inúmeras pessoas a praticá-lo nos jardins públicos de manhã bem cedo. A imagem que temos é de uma “Força na suavidade“, de uma “Poesia em movimento“,… Estas são algumas expressões que podem traduzir o espírito do Tai Chi. Os seus movimentos suaves, mas firmes, tonificam e fortalecem os órgãos, melhoram a circulação, a postura, relaxam o corpo e acalmam a mente.

O Tai Chi é uma forma de exercício lento, suave, interior que estimula o relaxamento, a coordenação entre o corpo e a mente e nos ensina a saber esperar, a ter paciência (tão “preciosa” hoje em dia em que cada vez há menos). Algumas pessoas defendem que a prática do Tai Chi tem 6000 anos enquanto que outras datam o seu aparecimento de apenas alguns séculos atrás.

Quem tem dificuldade em permanecer quieto a meditar, pode optar por aprender e praticar diariamente o Tai Chi, conhecido também por “meditação em movimento“. Existem vários tipos de Tai Chi, mas o mais difundido e conhecido é o Tai Chi estilo Yang. Não existe idade para o praticar e cada vez mais pessoas o fazem. Quanto ao local onde o deve fazer, o meu conselho é procurar um sítio onde se sinta completamente à vontade, de preferência ao ar livre, mas se tiver algum tipo de constrangimento, faça-o “in doors”. O importante é que o faça, e precisa apenas de 15 minutos por dia, parece-me um preço muito baixo para os benefícios que vai obter a todos os níveis na sua vida.