imunoterapiaA Imunoterapia, pode ser definida como um tipo de tratamento, onde são utilizados agentes biológicos capazes de estimular e fortificar o sistema imunológico, muitas vezes debilitado e alterado por estados de doença ou até mesmo tratamentos agressivos.

A Imunoterapia tem sido utilizada para o tratamento de doenças como a rinite alérgica, alergias  e asma brônquica, mas recentes estudos e descobertas, em particular, a das células dendríticas do sistema imunitário, são uma promissora esperança nos tratamentos contra o cancro.

As células dendríticas do sistema imunitário, tem a capacidade única de ativar e regular a fase posterior da resposta imune, enquanto os microorganismos são limpos do corpo.

Mais uma vez são feitas descobertas e estudos que vêm reforçar o que tenho vindo a defender, a cura está dentro de nós e na maneira como nos vamos tratando ao longo dos anos. Os nossos corpos são robustos e a alimentação e estilo de vida, fazem toda a diferença. Com uma alimentação saudável, as nossas defesas são reforçadas e a doença não tem como se instalar :)

Em artigos anteriores e baseada no livro de David Servan -Schreiber, anticancro uma nova maneira de viver,  um profissional da saúde que conhece bem este tema, pois além de ter vencido um cancro, estudou-o em profundidade, referi a existência de alimentos contra o cancro, e alimentos promotores de cancro.

A imunoterapia ainda está em fase de investigação clínica, mas a aplicação de vacinas com células dendríticas já se faz em três clínicas da Alemanha e numa em Inglaterra.

Os resultados destas investigações mereceram a atribuição do prémio Nobel  ao investigador Canadiano Ralph Steinman, assim como a mais dois cientistas. Na verdade, graças a estas investigações, surgiram novos fármacos, que utilizam mecanismos imunológicos inovadores, para tratar vários tipos de cancro.

Surgiu então o conceito  de imuno-oncologia, com a utilização de vacinas anti tumorais, e o aparecimento dos anticorpos mono clonais usados em vários tipos de cancro.